Conheça as opções para você se aposentar no seu plano Serpros.

APOSENTADORIA

RESGATE

PERMANÊNCIA NO SERPROS

PORTABILIDADE

Aposentadoria

Os participantes do Serpros podem solicitar sua aposentadoria, receber um benefício mensal vitalício e ainda optar por deixar uma parte da reserva em forma de pensão ou pecúlio para seus dependentes, em caso de falecimento. Assim, o participante torna-se nosso assistido e permanece com direito a empréstimos a juros baixos e outras vantagens especiais.

Para requerer a aposentadoria no Serpros, é fundamental saber em que plano está inscrito, estar em dia com alguns requisitos, reunir e encaminhar para o Serpros os documentos necessários.
A autenticação das cópias deve ser feita em cartório, mediante apresentação dos documentos originais.
  • Ter cessado o vínculo com a Patrocinadora;
  • Estar aposentado no INSS (por idade, por caráter especial ou tempo serviço);
  • Ter efetuado pelo menos 60 contribuições;
  • Ter 53 anos de idade (se fundador), ou 55 anos (não fundador).
  • Requerimento original, em modelo próprio do Serpros (Site>>Área Restrita>>Requerimentos>>Benefícios) https://restrito.serpros.com.br/PagAcesso/Login.aspx
    Não é necessário reconhecimento de firma, mas precisa ser assinada manualmente e enviada em papel. 
  • Declaração de beneficiários, em modelo próprio do Serpros, no formulário “Declaração de beneficiários necessária ao dimensionamento dos encargos futuros previstos com pensão por morte”;(Site>>Área Restrita>>Requerimentos>>Benefícios–segunda página do requerimento)
    Não é necessário reconhecimento de firma, mas precisa ser assinada manualmente e enviada em papel. 
  • Cópia autenticada da Rescisão do Contrato de Trabalho (RCT) homologada
    Caso seja digital não é necessário autenticação. Pode também ser enviado arquivo em PDF por e-mail.
  • Cópia autenticada da carta de concessão do benefício no INSS, contendo tempo de serviço em anos, meses e dias
    Caso a carta seja emitida pelo Site do INSS e possua QR Code não é necessário autenticação. Pode também ser enviada cópia por e-mail.
  • Cópia autenticada do CPF e da identidade ou da CNH (Carteira Nacional de Habilitação)
    Pode ser substituída por CNH Digital, emitida pelo Denatran, não é necessário autenticação. Pode também ser enviada cópia por e-mail.
  • Cópia autenticada da identidade dos dependentes declarados no formulário “Declaração de beneficiários necessária ao dimensionamento dos encargos futuros previstos com pensão por morte”
    Pode ser substituída por CNH Digital, emitida pelo Denatran, não é necessário autenticação.
  • Cópia do comprovante de conta corrente ou conta salário em um dos bancos a seguir: Banco do Brasil ou Santander
    Pode ser cópia do cartão bancário, não é necessário autenticação.

Os documentos devem ser enviados por Correios, direcionado ao Escritório Serpros Brasília, no seguinte endereço:

Escritório Serpros Brasília:
SCN Quadra 04 Bloco ‘B” sala 703
Ed. Centro Empresarial Varig – Asa Norte
Brasília – DF / CEP: 70714-900
(Em frente ao Brasília Shopping)

 

Conheça o benefício para o seu plano.

O Benefício Proporcional Acumulado (BPA) é o benefício mensal e vitalício concedido ao participante do PS-I saldado, que encerrou o vínculo com a patrocinadora e está aposentado no INSS por tempo de serviço, idade ou especial.

Cumprindo estes requisitos, você estará elegível e poderá requerer seu benefício no primeiro dia útil após seu desligamento da patrocinadora.

Para consultar o valor do BPA, bastar acessar no site do Serpros, ir até a Área Restrita. Na opção Consultas, localizada na parte superior da tela, escolha Relatório de atualização do BPA. Serão exibidos os valores brutos com a atualização do INPC mensalmente. Verifique a última atualização.

Atenção: O relatório será exibido em outra aba do navegador, então é necessário permitir pop-ups. Saiba como em nosso tutorial.

A Aposentadoria Programada é o benefício mensal e vitalício concedido ao participante do PS-II, que encerrou o vínculo com a patrocinadora e esta aposentado no INSS por tempo de serviço, idade ou especial, realizou pelo menos 60 contribuições ao Serpros e tem 53 anos de idade (se fundador) ou 55 (não fundador).

A Aposentadoria Programada pode ser solicitada de duas maneiras:

  • Integralmente e, assim, com base no seu saldo de contas, você receberá um valor mensal e vitalício.
  • Com um saque de uma parcela à vista, cujo valor será de até 25% do seu saldo de contas com incidência do imposto de renda, conforme seu regime tributário escolhido no momento da inscrição no plano. O saldo restante será convertido em benefíicio mensal e vitalício.

 

Consulte o seu saldo de conta do PS-II na Área Restrita. Saiba com em nosso tutorial.

Se você está inscrito em ambos os planos, é possível solicitar os benefícios para cada um, de forma independente. Basta seguir as orientações acima.

Resgate

Os participantes do Serpros do PS-I ou PS-II podem solicitar o resgate e receber 100% do seu saldo de contas acumulado de duas maneiras.

Assim, o participante perde o vínculo com o Serpros e às vantagens especiais.

Saque de todo o saldo de contas em parcela única, com incidência de imposto de renda, conforme regime tributário no momento da inscrição no plano.

 

Consulte o seu extrato BPA do PS-I ou seu saldo de conta do PS-II na Área Restrita. Saiba com em nosso tutorial.

Saque de todo o saldo de contas, parcelado em até 60 meses, com incidência de imposto de renda, conforme regime tributário no momento da inscrição no plano.

 

Consulte o seu extrato BPA do PS-I ou seu saldo de conta do PS-II na Área Restrita. Saiba com em nosso tutorial.

Para requerer o resgate no Serpros, é fundamental saber em que plano está inscrito, estar em dia com alguns requisitos, reunir e encaminhar para o Serpros os documentos necessários.
Valor: Equivalerá à soma das importâncias recolhidas pelo participante, das contribuições básica, variável e espontâneas, acrescido de 1/15 (um quinze avos) por ano completo de inscrição no plano, até o máximo de 100%, acrescida das mesmas subcontas, formada pelas contribuições da Patrocinadora.
A autenticação das cópias deve ser feita em cartório, mediante apresentação dos documentos originais.
  • Estar aposentado no INSS (por idade, por caráter especial ou tempo serviço);
  • Ter cessado o vínculo com a Patrocinadora;
  • Ter efetuado pelo menos 60 contribuições;
  • Ter 53 anos de idade (se fundador), ou 55 anos (não fundador).
  • Requerimento original, em modelo próprio do Serpros (Site>>Área Restrita >> Requerimentos >> Resgate de Saldo/Reserva) https://restrito.serpros.com.br/PagAcesso/Login.aspx
    Não é necessário reconhecimento de firma, mas precisa ser assinado manualmente e enviado em papel.
  • Cópia autenticada da Rescisão do Contrato de Trabalho (RCT) homologada
    Caso seja digital não é necessário autenticação. Pode também ser enviado arquivo em PDF por e-mail.
  • Cópia autenticada do CPF e da identidade ou da CNH (Carteira Nacional de Habilitação)
    Pode ser substituída por CNH Digital, emitida pelo Denatran, não é necessário autenticação. Pode também ser enviada cópia por e-mail.
  • Cópia do comprovante de conta corrente ou conta salário
    Pode ser cópia do cartão bancário, não é necessário autenticação.
  • Cópia autenticada da carta de concessão do benefício do INSS, contendo tempo de serviço em anos, meses e dias (somente para os participantes ativos que estão aposentados no INSS e que migraram do PS-I)
    Caso a carta seja emitida pelo Site do INSS e possua QR Code não é necessário autenticação. Pode também ser enviada cópia por e-mail.
  • Carta original indicando quantidade de parcelas para o resgate (somente para resgate parcelado)
    Não é necessário reconhecimento de firma, mas precisa ser assinado manualmente e enviado em papel.

Os documentos devem ser enviados por Correios, direcionado ao Escritório Serpros Brasília, no seguinte endereço:

Escritório Serpros Brasília:
SCN Quadra 04 Bloco ‘B” sala 703
Ed. Centro Empresarial Varig – Asa Norte
Brasília – DF / CEP: 70714-900
(Em frente ao Brasília Shopping)

 

Permanência no Serpros

O participante do Serpros do PS-I ou PS-II pode permanecer no plano de benefícios de duas maneiras:

Mesmo após ser desligado da patrocinadora, ao optar pelo Autopatrocínio, o participante do PS-I ou do PS-II mantém as vantagens especiais no Serpros, como empréstimos e auxílio-doença. Para isso, o participante passa a contribuir mensalmente com a sua parte mais o complemento que seria da patrocinadora. Quando chegar o momento certo para se aposentar, basta optar pelo benefício mensal ou o resgate.

 

Consulte o seu extrato BPA do PS-I ou seu saldo de conta do PS-II na Área Restrita. Saiba com em nosso tutorial.

Outra opção para quem não está elegível para se aposentar, mas por alguma razão não pretende mais contribuir para a previdência complementar no Serpros, é o Benefício Proporcional Diferido (BPD), no qual você se mantém inscrito no plano, porém não efetua mais as contribuições. Dessa forma, você aguarda a sua elegibilidade enquanto suas reservas acompanham a rentabilidade do plano. Assim você não perde totalmente o vínculo com o Serpros, embora não tenha acesso a empréstimos e às demais vantagens que teria um participante ativo.

 

Consulte o seu extrato BPA do PS-I ou seu saldo de conta do PS-II na Área Restrita. Saiba com em nosso tutorial.

Para requerer a aposentadoria no Serpros, é fundamental saber em que plano está inscrito, estar em dia com alguns requisitos, reunir e encaminhar para o Serpros os documentos necessários.
A autenticação das cópias deve ser feita em cartório, mediante apresentação dos documentos originais.
  • Estar desligado da patrocinadora;
  • Manifestar interesse no Autopatrocínio.
  • Requerimento original em modelo próprio do Serpros (Encontrado na Área Restrita >> Requerimentos >> Autopatrocínio/Suspensão);
  • Cópia autenticada da rescisão do contrato de trabalho (RCT) homologada;
  • E-mail de validação da adesão ao PDV (somente se ainda não houver a RCT Homologada)
  • Cópia autenticada do CPF e da identidade;
  • Cópia autenticada do Termo de Suspensão (Suspensão Inscrição) em casos de licença sem remuneração.

 

  • Manifestar interesse no Benefício Proporcional Diferido (BPD).
  • Carta a próprio punho, assinada, informando a opção pelo instituto BPD.

Os documentos devem ser enviados por Correios, direcionado ao Escritório Serpros Brasília, no seguinte endereço:

Escritório Serpros Brasília:
SCN Quadra 04 Bloco ‘B” sala 703
Ed. Centro Empresarial Varig – Asa Norte
Brasília – DF / CEP: 70714-900
(Em frente ao Brasília Shopping)

 

Portabilidade

Os participantes do Serpros podem transferir os seus recursos aportados para bancos outra instituição financeira por meio da Portabilidade.

Assim, o participante deixa de ter vínculo com o Serpros.

 

Na portabilidade, o participante que optou no plano anterior (Serpros) pelo regime progressivo pode migrar para o regime tributário regressivo (somente uma vez, conforme Solução de Consulta (SC COSIT) nº. 243/2014).

Para requerer a Portabilidade no Serpros, é fundamental saber em que plano está inscrito, estar em dia com alguns requisitos, reunir e encaminhar para o Serpros os documentos necessários.
Valor: Equivalerá à soma das importâncias recolhidas pelo participante, das contribuições básica, variável e espontâneas, acrescido de 1/15 (um quinze avos) por ano completo de inscrição no plano, até o máximo de 100%, acrescida das mesmas subcontas, formada pelas contribuições da Patrocinadora. Consulte o seu extrato BPA do PS-I ou seu saldo de conta do PS-II na Área Restrita. Saiba com em nosso tutorial: https://serpros.com.br/fale-conosco/#tutoriais
A autenticação das cópias deve ser feita em cartório, mediante apresentação dos documentos originais.
  • Ter pelo menos três anos de contribuição ao plano;
  • Ter encerrado o vínculo com a patrocinadora.
  • Termo de Opção original (Encontrado no site do Serpros, no caminho: Institucional >> Documentos);
  • Cópia autenticada do CPF e da identidade;
  • Dados da entidade receptora (nome da entidade, nome do plano de benefícios e seu Cadastro Nacional de Plano de Benefícios – CNPB/Susep);
  • Dados bancários da entidade – que poderão ser listados em uma folha à parte e anexados ao termo de opção;
  • Cópia autenticada da carta de concessão do benefício no INSS, contendo tempo de serviço em anos, meses e dias (para migrados);
  • Declaração de Concordância em Recepcionar os Recursos (fornecida pela entidade cessionária) original.

 

Os documentos devem ser enviados por Correios, direcionado ao Escritório Serpros Brasília, no seguinte endereço:

Escritório Serpros Brasília:
SCN Quadra 04 Bloco ‘B” sala 703
Ed. Centro Empresarial Varig – Asa Norte
Brasília – DF / CEP: 70714-900
(Em frente ao Brasília Shopping)

 

Acesso Rápido

SERPROS ESCLARECE – APOSENTADORIA
(E-BOOK)

TUTORIAIS

PERGUNTAS FREQUENTES

VÍDEOS (LIVES)

ÁUDIOS

Perguntas Frequentes

(Em construção) Consulte a página Fale Conosco.

Áudios com Perguntas e Respostas (PS-II)

Clique na pergunta desejada para ouvir a resposta.

  • Quanto ao benefício

1- Qual o melhor momento para se solicitar o benefício (mês de aniversário, primeiro mês do ano etc)?

2- Depois de quanto tempo após o desligamento do Serpro sou obrigado a solicitar o benefício?

3- O que é o Benefício Proporcional Diferido (BPD)?

4- Caso não queira solicitar o benefício imediatamente, tenho que continuar contribuindo? Se sim, qual o valor mínimo?

4.1- Se sim, existe um prazo para solicitar o benefício a posteriori ou o saldo pode permanecer indefinidamente e ser resgatado pelo beneficiário?

5- No caso de optante pelo imposto regressivo, como posso saber antecipadamente qual será o percentual de IR que irá incidir sobre o benefício?

5.1- Explicite.

6- Como será deduzido o saldo de Imposto de Renda referente à IN 1343?

7- É possível incluir um novo dependente, após o benefício ser concedido? Nesse caso o benefício será recalculado?

8- O empregado que possui isenção de IR em seus proventos por doença pelo INSS pode estender a isenção para a aposentadoria pelo Serpros? Se sim, como é o procedimento? Se não, qual o procedimento para obter a isenção pelo Serpros?

9- Fale mais sobre a Parcela à Vista.

10- Quais documentos o empregado tem que apresentar ao Serpros para dar entrada no pedido de benefício, após o desligamento do Serpro?

 

  • Quanto ao resgate

11- Depois de quanto tempo após o desligamento do Serpro sou obrigado a solicitar o resgate? Quais as alternativas?

12- Posso regatar 25% e deixar 75% em BPD?

13- Caso não queira solicitar o resgate imediatamente tenho que continuar contribuindo? Se sim qual o valor? Se sim, existe prazo limite para continuar contribuindo sem resgatar?

14- Depois de quanto tempo da solicitação do resgate o valor estará disponível?

15- Não efetuando o resgate no momento do desligamento com a patrocinadora e podendo resgatar oportunamente, o valor da cota continuará sendo corrigido e, consequentemente, atualizando o saldo para um futuro resgate ou o valor da cota será congelado no momento do desligamento?

16- No caso de resgate a pessoa com isenção de IR pelo INSS pode estender a isenção para o resgate (parcial ou integral) do saldo no Serpros? Se sim, como é o procedimento? Se não, qual o procedimento para obter a isenção pelo Serpros?

17- Existem limites percentuais e quais são os percentuais para obter o resgate parcial?

18- Para quem efetua o resgate parcial, como é feito o cálculo do benefício mensal sobre o saldo restante?

19- Para quem fez opção pela tabela progressiva, no caso de resgate, o critério da tabela progressiva é mantido/aplicado?

20- Uma vez que opte por parcelar o resgate em 5 anos é possível mudar para 36 meses? Caso eu faleça, minha esposa beneficiária continuará recebendo?

 

  • Benefício após a aposentadoria

21- O aposentado pelo Serpros tem direito a empréstimos? Se sim, nos mesmos moldes dos empregados da ativa?

22- Existe algum benefício (empréstimo, seguro) específico para os aposentados (diferentes dos da ativa)? Se sim, quais?

23- Existe algum benefício da ativa (empréstimo, seguro) que o aposentado deixa de ter depois que se aposenta?

 

  • Em caso de privatização do Serpro

24- Quais os cenários estão sendo analisados em relação ao Serpros?

25- Como fica o saldamento?

 

  • Quanto ao Plano de Demissão Voluntária (PDV)

26- Quais riscos futuros para os beneficiários no caso de adesão significativa de empregados ao PDV em curso? (considerando não só o número de pessoas, mas também o percentual histórico daqueles que venham a optar pelo resgate.)

27- Com relação à liquidez, se o volume de pessoas a resgatar for grande, não prejudica o plano de investimentos?

Simulador de aposentadoria
Ao realizar as simulações você consegue estimar um valor bem próximo do que receberá quando se aposentar.
Vale lembrar: o simulador de aposentadoria não calcula valores líquidos de benefício com os descontos de Imposto de Renda e nem os valores de empréstimos devidos.
Também vale a pena realizar simulações para cálculos de IR no site da Receita Federal.