Serpros

Análise das rentabilidades da cota contábil – Dezembro de 2023

Análise das rentabilidades da cota contábil – Dezembro de 2023

PSI:

Ao término de 2023, o investimento PSI apresentou um rendimento acumulado de 10,82% no ano, superando a meta atuarial estabelecida em 9,13%. Destacam-se dois fatores que explicam essa performance excepcional. Em primeiro lugar, o índice Bovespa registrou sua maior alta desde 2019, encerrando o ano com um impressionante crescimento de 22,28%. Alinhado a esse desempenho, a renda variável do PSI obteve um retorno expressivo de 21,62%.

O segundo e mais notável destaque, representando aproximadamente 52% do portfólio, foi atribuído aos títulos públicos atrelados ao IPCA, conhecidas como NTN-Bs. Tanto em curva quanto a mercado, esses títulos não apenas alcançaram, mas superaram a meta atuarial, registrando rentabilidades de 10,81% e 16,62%, respectivamente.

A explicação para o desempenho excepcional das NTN-Bs reside na elevação do IPCA, com variação de 4,62% no ano, e na redução das taxas de juros. A diminuição das taxas de juros pode ser atribuída a uma série de fatores macroeconômicos ocorridos ao longo de 2023. Destacam-se o superávit de investimento estrangeiro, a melhoria do rating do Brasil, o estabelecimento de novas reformas fiscal e tributária. Esses fatores contribuíram para o sólido desempenho do PSI em 2023.

RentabilidadeMêsAno
PS I BDPSIContábil2,33%10,78%
Meta PSIMeta Atuarial0,51%9,13%
CDICDI0,90%13,05%
IbovespaIbovespa5,38%22,28%
PSIInvestimento1,66%10,82%
PoupançaPoupança0,57%8,03%
OBS.: A Rentabilidade Investimento refere-se aos ganhos apurados nos investimentos realizados pelo Serpros. Já a rentabilidade Contábil retrata o rendimento real da Cota do Plano.

PSII BD:

Ao término de 2023, o investimento do PSII BD apresentou um rendimento acumulado de 12,45% no ano, superando a meta atuarial estabelecida em 9,13%. Destacam-se dois fatores que explicam essa performance excepcional. Em primeiro lugar, o índice Bovespa registrou sua maior alta desde 2019, encerrando o ano com um impressionante crescimento de 22,28%. Acima do índice de referência de mercado, a renda variável do PSII BD obteve um retorno expressivo de 22,74%.

O segundo e mais notável destaque, representando aproximadamente 69% do portfólio, foi atribuído aos títulos públicos atrelados ao IPCA, conhecidas como NTN-Bs. Tanto em curva quanto a mercado, esses títulos não apenas alcançaram, mas superaram a meta atuarial, registrando rentabilidades de 11% e 15,70%, respectivamente.

A explicação para o desempenho excepcional das NTN-Bs reside na elevação do IPCA, com variação de 4,62% no ano, e na redução das taxas de juros. A diminuição das taxas de juros pode ser atribuída a uma série de fatores macroeconômicos ocorridos ao longo de 2023. Destacam-se o superávit de investimento estrangeiro, a melhoria do rating do Brasil, o estabelecimento de novas reformas fiscal e tributária. Esses fatores contribuíram para o sólido desempenho do PSII BD em 2023.

RentabilidadeMêsAno
PS II BDPSII BDContábil1,78%12,11%
Meta PSIIMeta Atuarial0,51%9,13%
CDICDI0,90%13,05%
IbovespaIbovespa5,38%22,28%
PSII BDInvestimento1,73%12,45%
PoupançaPoupança0,57%8,03%
OBS.: A Rentabilidade Investimento refere-se aos ganhos apurados nos investimentos realizados pelo Serpros. Já a rentabilidade Contábil retrata o rendimento real da Cota do Plano.

PSII CD:

Ao término de 2023, o investimento do PSII CD apresentou um rendimento acumulado de 12,53% no ano, superando a meta atuarial estabelecida em 9,13%. Destacam-se dois fatores que explicam essa performance excepcional. Em primeiro lugar, o índice Bovespa registrou sua maior alta desde 2019, encerrando o ano com um impressionante crescimento de 22,28%. Em linha com o índice de referência de mercado, a renda variável do PSII CD obteve um retorno expressivo de 22,28%.

O segundo e mais notável destaque, representando aproximadamente 67% do portfólio, foi atribuído aos títulos públicos atrelados ao IPCA, conhecidas como NTN-Bs. Tanto em curva quanto a mercado, esses títulos não apenas alcançaram, mas superaram a meta atuarial, registrando rentabilidades de 11% e 15,70%, respectivamente.

A explicação para o desempenho excepcional das NTN-Bs reside na elevação do IPCA, com variação de 4,62% no ano, e na redução das taxas de juros. A diminuição das taxas de juros pode ser atribuída a uma série de fatores macroeconômicos ocorridos ao longo de 2023. Destacam-se o superávit de investimento estrangeiro, a melhoria do rating do Brasil e o estabelecimento de novas reformas fiscal e tributária. Esses fatores contribuíram para o sólido desempenho do PSII CD em 2023.

RentabilidadeMêsAno
PS II CDPSII CDContábil1,97%12,91%
Meta PSIIMeta Atuarial0,51%9,13%
CDICDI0,90%13,05%
IbovespaIbovespa5,38%22,28%
PSII CDInvestimento1,77%12,53%
PoupançaPoupança0,57%8,03%
OBS.: A Rentabilidade Investimento refere-se aos ganhos apurados nos investimentos realizados pelo Serpros. Já a rentabilidade Contábil retrata o rendimento real da Cota do Plano.

PGA:

Ao término de 2023, o investimento do PGA obteve rendimento acumulado de 13,90% no ano superando o índice referencial 9,46%. Há dois grandes fatores que contribuíram para o resultado do plano, o primeiro deles são os títulos de renda fixa de curto prazo, que apesar do corte da Selic de 12,25 para 11,75 % no mês de dezembro, obtiveram a rentabilidade no ano 12,66%. O segundo principal aspecto são as NTN-Bs a mercado, títulos reconhecidos pelo valor que são negociadas, diariamente, registraram uma performance de 15,56%.

RentabilidadeMêsAno
PGAPGAInvestimento1,90%13,90%
Meta PGAÍndice de Referência0,54%9,46%
CDICDI0,90%13,05%
IbovespaIbovespa5,38%22,28%
PoupançaPoupança0,57%8,03%

30/1/]2024

Categorias

Categorias

Categorias

Categorias