Serpros participa de comissão julgadora do Prêmio Ser Humano

30/11/2016
O Serpros integrou a comissão julgadora da 36ª edição do Prêmio Ser Humano, a convite da Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio de Janeiro (ABRH-RJ). A Entidade, representada pela gerente de Pessoas, Cristiane Real, foi responsável por avaliar e pontuar os cases das empresas inscritas na categoria Terceiro Setor.
Os integrantes da comissão tiveram uma semana para avaliar os trabalhos e pontuá-los de acordo com os seguintes critérios: apresentação, atualidade, grau de inovação, qualidade do conteúdo, aplicabilidade e resultados obtidos.
Cristiane Real considerou muito gratificante participar da comissão e pontuar as organizações participantes, uma vez que teve a oportunidade de “conhecer os cases inovadores, contribuir para o incentivo às práticas em Gestão com Pessoas e arquitetar novas ideias que possibilitarão ao Serpros participar de novas edições do Prêmio”.
O Prêmio
O Prêmio Ser Humano é um reconhecimento aos profissionais e organizações que realizam práticas inovadoras em Gestão com Pessoas. As empresas são selecionadas a partir da avaliação da comissão julgadora, composta pela diretoria da ABRH-RJ, profissionais de empresas reconhecidas, e dos votos do público, realizados pela internet.
O Serpros, primeiro fundo de pensão a participar, foi premiado na 35ª edição, com o case “A Qualidade de Vida no trabalho Transformando Pessoas”, projeto que segue a todo vapor.
Neste ano, a cerimônia de premiação foi realizada no dia 29/11 e reuniu dezenas de profissionais de Recursos Humanos no auditório da Firjan, no Rio de Janeiro. Para saber mais, acesse o site da ABRH-RJ.

Read More
serpros 30 de novembro de 2016 0 Comments

Acessos de raiva aumentam a chance de infartos e AVEs

03/11/2016
Estresse no trabalho, trânsito caótico, prazos a cumprir e problemas financeiros são alguns dos motivos que afetam a população das grandes cidades e que causam desequilíbrio emocional nas pessoas. Perder o controle nesses casos é mais comum do que muitos imaginam e podem desencadear acessos de raiva. Mais do que uma atitude violenta, seja ela verbal ou física, esses rompantes trazem consequências bem mais nocivas a quem as comete.
Um estudo da universidade americana de Harvard mostra que pessoas com ataques de raiva frequentes correm um risco maior de sofrerem infarto ou acidente vascular encefálico (AVE) nas duas horas seguintes à crise. Ainda segundo a pesquisa, nesse intervalo, as chances de uma parada cardíaca aumentam em até 4,7%, em comparação ao estado normal da pessoa. Além dessas ocorrências, os riscos de derrame também aumentam em 3,6% nos 120 minutos subsequentes ao surto de raiva.
De acordo com os pesquisadores, o estresse emocional aumenta a frequência cardíaca e a pressão sanguínea, e podem provocar trombose e estimular uma resposta no sistema imunológico, levando a infartos ou acidentes vasculares encefálicos.
A escritora, educadora e mediadora de conflitos, Suely Buriasco, que aborda em palestras temas que incentivam a busca pelo equilíbrio, harmonia e sabedoria, conhece o assunto e dá dicas importantes para se evitar situações extremas. “Acho que vale muito descobrir quais são os gatilhos que nos levam a cometer atos impensados e, nesse sentido, tentar superar ou buscar ajuda para superar. Certamente muito sofrimento poderá ser poupado”.
1- Busque autoconhecimento: Refletir sobre nossas próprias reações pode fazer com que entendamos quais são os impulsos que nos levam a cometer atos instintivos. Saber o que nos afeta a ponto de nos descontrolar é o primeiro passo para iniciarmos o trabalho de autocontrole.
2- Mantenha o estresse sob controle: Reações impulsivas denotam auto nível de estresse, no entanto, mesmo passando por momentos de pressão sempre é possível manter o controle. O estresse é um fenômeno natural e inerente ao ser humano, podendo ser benéfico quando sabemos gerenciá-lo. Assim, o essencial é buscar mantê-lo a nível normal, através de exercícios mentais e físicos, vida saudável e cultivo de bons pensamentos e ações.
3- Procure ajuda profissional: Reconhecer nossos próprios limites é essencial, porque muitas vezes desejamos agir de forma mais lúcida, mas algo nos impede. No meio do nervoso a gente não se dá conta de que precisa de ajuda e até reluta. Nesse caso precisamos analisar a possibilidade de buscarmos ajuda médica e psicológica.
Fonte: Suely Buriasco (https://www.suelyburiasco.com.br/)

Read More
serpros 3 de novembro de 2016 0 Comments

Cantar melhora produtividade e qualidade de vida no trabalho

20/10/2016
Já pensou em aliviar as tensões do dia a dia através da música? Diversos estudos comprovam que a música reage de forma positiva no cérebro. A prática do canto coral, por exemplo, traz benefícios para a mente e o corpo, sendo uma ferramenta de integração entre as pessoas, com ganhos significativos na produtividade, na concentração e até na prevenção de doenças relacionadas ao estresse.
Atentas a essas vantagens, muitas empresas têm adotado a prática do coro corporativo como estratégia de incentivo a hábitos saudáveis e promoção da qualidade de vida no trabalho.
Para saber como funciona essa metodologia, entrevistamos a pianista e regente de coral Ana Azevedo. Com mais de 20 anos de experiência, Ana organiza grupos de corais no Rio de Janeiro e atualmente comanda os ensaios no Serpros, como parte do Programa Qualidade de Vida.
SERPROS – Quais os principais benefícios que o canto pode trazer para os praticantes?
ANA AZEVEDO – A música tem um efeito positivo no cérebro. A prática do canto, por exemplo, possibilita uma melhor oxigenação do cérebro, fortalece a concentração e reforça o sistema imunológico. Além de diminuir o estresse e aliviar as tensões, cantar também pode prevenir doenças.
SERPROS – Que ganhos as empresas podem ter na implantação de grupos de um coro corporativo?
ANA AZEVEDO – A prática do coro corporativo estimula a produtividade, possibilita maior integração entre os empregados de uma empresa e facilita a comunicação interpessoal.
SERPROS – Para alcançar os resultados esperados, com que frequência devem ser realizados os ensaios?
ANA AZEVEDO – Em empresas, por exemplo, os ensaios semanais duram entre uma e duas horas e costumam acontecer no intervalo do almoço. Mas tudo depende do propósito do praticante. Em geral, os benefícios são sentidos desde a primeira aula.
SERPROS – É preciso saber cantar para iniciar a prática do canto coral?
ANA AZEVEDO – Não é necessário saber cantar ou conhecer teoria musical para começar a praticar. Todo o trabalho é feito em conjunto e os grupos estão abertos para todas as pessoas que querem praticar o canto coral. O ideal é que a pessoa interessada faça uma aula experimental ou pelo menos faça uma visita a um ensaio, mesmo sem compromisso, para conhecer a metodologia.

Read More
serpros 20 de outubro de 2016 0 Comments

Bem-estar e qualidade de vida: benefícios da massoterapia

24/08/2016
Levante a mão quem já sentiu dores nas costas, no pescoço ou nas pernas, seguidas de indisposição, irritabilidade e estresse depois de um dia intenso de trabalho! Uma massagem entre uma reunião e outra até que seria bem-vinda. Muitas empresas, entidades e outras organizações já perceberam que a produtividade dos seus empregados está diretamente relacionada à qualidade de vida desses colaboradores. Para manter esse rendimento em alta, diversas ações vêm sendo realizadas em prol desse bem-estar. E a massoterapia é uma delas.
Segundo a massoterapeuta Patrícia Silva, profissional há mais de 25 anos, a massoterapia melhora o relacionamento interpessoal dos empregados, estimula a criatividade, a concentração e o foco, alivia as tensões causadas muitas vezes pela postura, melhora a circulação sanguínea, além de contribuir para a prevenção de doenças. “A massoterapia tem efeitos imediatos. Por ser realizada num espaço reservado no próprio ambiente de trabalho, facilita a busca do empregado pelo bem-estar. Depois das sessões, os empregados repõem as energias e conseguem fazer suas atividades com mais tranquilidade”, afirma.
As empresas adeptas ganham na produtividade: com empregados mais saudáveis e com qualidade de vida, o rendimento aumenta e o índice de faltas e afastamentos, bem como os custos com assistência médica, diminuem.
Como parte das ações do Programa Qualidade de Vida do SERPROS, Patrícia oferece sessões de massagem aos empregados duas vezes por semana. As sessões, custeadas pelos próprios empregados, mas a preços reduzidos, são realizadas no ambulatório da Entidade.

Read More
serpros 24 de agosto de 2016 0 Comments

Do sedentarismo para a qualidade de vida

10/08/2016
Sabemos que adotar hábitos saudáveis é essencial para quem quer ter qualidade de vida. Isso envolve, entre outros fatores, uma alimentação adequada, boas noites de sono e a prática regular de exercícios físicos. Há quem goste de academia, quem prefira estar ao ar livre e também aqueles que acham que nunca encontrarão sua atividade física ideal ou não terão tempo para isso. Nesses casos, uma opção salvadora para sair da inércia pode ser um treino mais curto e intenso, seja caminhando, pedalando, nadando, dançando etc.
O professor de Educação Física André Cavalcanti, da assessoria de corrida e caminhada que leva seu nome, destaca alguns dos numerosos benefícios que a prática de exercícios físicos traz para o corpo e para a mente: melhora a circulação sanguínea e a respiração, aumenta a sensação de bem-estar, autoconfiança, disposição, contribui para o retardo do envelhecimento, além de estimular hábitos alimentares mais saudáveis.
No entanto, ele traz um alerta: não basta calçar o tênis e sair para passear no shopping dizendo que está caminhando. “Exercício físico não é passeio. O resultado vem com esforço, foco e disciplina, fazendo atividades curtas e de intensidade. Se for caminhar, por exemplo, deve ser de forma esportiva, direcionada”, ressalta o professor.
Por isso é tão importante ter o acompanhamento de um profissional de Educação Física, além da orientação de um médico de confiança. “Para deixar a vida sedentária, o primeiro passo é sair do sofá e colocar a maior intensidade possível no exercício que estiver disposto a fazer, respeitando, claro, o seu limite”, esclarece.
No SERPROS, a partir do Programa Qualidade de Vida, muitos empregados mudaram seus hábitos, começaram a praticar diversas modalidades de exercícios, como corrida, caminhada, dança, pedalada etc e hoje colecionam medalhas, bom humor e produtividade no trabalho.

Read More
serpros 11 de agosto de 2016 0 Comments

Emoção envolve participantes em fórum de RH

18/07/2016
O SERPROS emocionou o público ao apresentar seu Programa de Qualidade de Vida, durante o fórum Práticas de Sucesso em Gestão com Pessoas, realizado na última quinta-feira (14/07), na Universidade Estácio de Sá, no Centro do Rio de Janeiro.
O evento foi organizado pela Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio de Janeiro (ABRH-RJ) e reuniu dezenas de pessoas interessadas em conhecer os cases vencedores do Prêmio Ser Humano 2015.
Na ocasião, a gerente de Pessoas do SERPROS, Cristiane Real, e a analista Priscila Melo apresentaram o case “A Qualidade de Vida no Trabalho Transformando Pessoas”, com seus resultados, e esclareceram dúvidas de outros profissionais sobre a estruturação das ações.
Para Priscila Mello, o evento foi “o reconhecimento por um trabalho realizado com muita dedicação e amor. Estimular as pessoas à prática de hábitos saudáveis e possibilitar ao SERPROS tamanha visibilidade, traz à Gestão de Pessoas a sensação de dever cumprido e nos motiva a realizar trabalhos que valorizem sempre mais o empenho de nossos empregados”, afirma.
Contagiado com o sucesso do case, o público elogiou o trabalho da Gerência de Pessoas do SERPROS e parabenizou os profissionais da Entidade pelo empenho e dedicação. Dentre os presentes no evento, pessoas que fizeram parte do SERPROS prestaram depoimentos emocionados.
Para o diretor da ABRH-RJ, Luiz Carlos de Freitas, é gratificante acompanhar essas iniciativas de sucesso e homenagear aqueles que procuram fazer o melhor na gestão com pessoas: “Eu sinto um orgulho muito grande por coordenar esse processo há 18 anos e apoiar as organizações no desenvolvimento de um trabalho tão importante e na troca de conhecimentos”, ressalta Luiz Carlos de Freitas.
Confira a matéria sobre o fórum, publicada no site da ABRH-RJ.

Da esquerda para a direita: duas pessoas da equipe da Gerência de Pessoas do Serpros, o cartaz da ABRH-RJ ao centro e três pessoas da Gerência de Pessoas

Gerência de Pessoas do SERPROS sensibiliza público ao apresentar resultados do Programa Qualidade de Vida

Read More
serpros 18 de julho de 2016 0 Comments

SERPROS participa de Café Literário

13/07/2016
A Gestão de Pessoas do SERPROS participará do Café Literário ABRH-RJ, no dia 27 de julho, no Rio de Janeiro, para apresentar o livro ‘As Melhores Práticas em Gestão com Pessoas – edição 2016’. Na obra estão reunidos os cases vencedores do Prêmio ABRH-RJ 2015, entre eles o programa ‘A Qualidade de Vida no Trabalho Transformando Pessoas’, realizado por nossa Entidade. O evento é gratuito e aberto aos interessados.
Coordenado pela Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio de Janeiro (ABRH-RJ), o Café Literário tem o objetivo de expor uma produção literária voltada para a gestão com pessoas, oferecendo aos participantes a oportunidade de debater com o autor sobre a temática do livro.
Evento
Café Literário com o livro ‘As Melhores Práticas em Gestão com Pessoas – edição 2016’
Data: 27/07 (quarta-feira)
Horário: 14h
Local: Auditório da Universidade Estácio de Sá – Avenida Presidente Vargas, 642 | 22º andar – Centro – RJ (próximo ao Metrô Uruguaiana)

Read More
serpros 13 de julho de 2016 0 Comments

Qualidade de vida: sucesso gera novas ações

30/06/2016
O SERPROS tem obtido visibilidade nos diversos eventos realizados pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RJ), por meio do case vencedor do Prêmio Ser Humano 2015: “A Qualidade de Vida no trabalho Transformando Pessoas”. Em nova ação, a gerente e a analista de Pessoas da Entidade, Cristiane Real e Priscila de Mello, apresentarão o case no Fórum Práticas de Sucesso em Gestão de Pessoas, que será realizado no dia 14 de julho, na Universidade Estácio de Sá, no Centro do Rio de Janeiro. O evento é gratuito e aberto aos interessados.
O Fórum compartilha as ações de RH premiados em 2015 no Prêmio Ser Humano ABRH-RJ. No SERPROS, o programa idealizado pela Gerência de Pessoas tem trazido resultados positivos para os empregados, que passaram a adotar hábitos saudáveis na alimentação e na prática de exercícios físicos, saindo do sedentarismo.
 
Evento: Fórum Práticas de Sucesso em Gestão de Pessoas
Data: 14/07/2016
Horário: das 9 h às 11 h. Confira a programação.
Local: Estácio de Sá (Av. Presidente Vargas, 642 – 22º andar – Centro – RJ)

Read More
serpros 30 de junho de 2016 0 Comments

Corpo e mente sãos

01/06/2016
Para quem nem pensa em parar de trabalhar ou para quem já se aposentou, as desculpas para escorregar na alimentação e abandonar os exercícios físicos são variadas. No entanto, em qualquer fase da vida é importante manter o corpo ativo e a cabeça arejada.
Os benefícios de manter o corpo em movimento são muitos, como ressalta o endocrinologista Rodrigo Siqueira, da Santa Casa da Misericórdia do Rio de Janeiro. “A atividade física eleva a autonomia e a sensação de bem-estar, aumenta a força muscular e proporciona maior coordenação motora e equilíbrio. Por tudo isso, diminui a ansiedade e a depressão, trazendo mais independência pessoal e sociabilidade e controle do peso corporal”, enumera.
Ele lembra também que práticas regulares são uma importante maneira de prevenir doenças e melhorar o lado emocional. “Os exercícios físicos ajudam, especialmente, na prevenção de doenças como a hipertensão arterial, diabetes e doenças cardiovasculares (como infarto e acidente vascular cerebral). A liberação de substâncias durante a atividade que propiciam um efeito tranquilizante e analgésico contribui ainda para melhorar o lado emocional”, explica.
Na hora de escolher qual atividade praticar, o especialista ressalta que o mais importante é encontrar alguma prazerosa, o que diminui as chances de desistir. Siqueira explica ainda que a melhora na qualidade de vida já pode ser percebida após o primeiro mês de prática regular, sendo a frequência ideal entre cinco e sete vezes por semana. “Mas admite-se uma regularidade mínima de três vezes por semana”, completa.
Uma alimentação equilibrada também é fundamental para manter a qualidade de vida. Muitas das principais doenças que acometem as pessoas após os 60 anos podem ser prevenidas não só com a prática de exercícios, mas também com a ingestão de determinados alimentos. Segundo o médico, os idosos costumam apresentar maior carência de vitamina D e cálcio. A vitamina D é essencial na absorção do cálcio, e a carência desse mineral é responsável pela osteopenia e pela osteoporose. Para suprir essa ausência, é recomendável tomar sol diariamente, pois ela é produzida pelo próprio organismo, e só é metabolizada quando nos expomos à luz solar. Para o cálcio, é preciso ingerir leite e seus derivados, vegetais escuros (brócolis e couve, por exemplo), peixes e frutos do mar.
O coração também agradece pela alimentação balanceada. O médico orienta que uma dieta rica em fibras e pobre em gorduras, principalmente as saturadas, diminui os riscos de doenças cardiovasculares, como o infarto. Já na lista dos hábitos que devem ser evitados por serem considerados nocivos a um envelhecimento saudável, o endocrinologista enumera tabagismo, alcoolismo, obesidade e sedentarismo. Para quem ainda está trabalhando ou para quem já fechou esse ciclo, manter a saúde em dia é fundamental.
* Esta reportagem está publicada na Revista SERPROS nº 1 (nov/dez/jan 2014).

Read More
serpros 1 de junho de 2016 0 Comments

SERPROS participa de maior evento de RH no Rio

19/05/2016
‘Qualidade de Vida no Trabalho Transformando Pessoas’ foi o tema do case que destacou a presença do SERPROS na Expo RH-Rio 2016. O evento, que integra o maior Congresso de Gestão de Pessoas do Rio de Janeiro, foi realizado nos dias 17 e 18 de maio, pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RJ).
Em estilo talk-show, a gerente de Pessoas, Cristiane Real, apresentou o case a dezenas de participantes do congresso, entre eles representantes de grandes empresas interessados em saber mais sobre o funcionamento do programa de Qualidade de Vida na Entidade.
Pioneiro entre os fundos de pensão e vencedor na categoria Organizações do Terceiro Setor do Prêmio Ser Humano 2015, o case reúne as ações e os resultados obtidos com o programa, incluindo os benefícios para os empregados, tanto no combate ao sedentarismo quanto no quesito produtividade na empresa.
Os trabalhos premiados em 2015 foram reunidos no livro ‘As melhores práticas de gestão com pessoas’, organizado pela ABRH-RJ, e lançado na ocasião, com direito a autógrafos dos representantes das empresas vencedoras. Os cases do livro farão parte do desenvolvimento educacional de alunos de graduação em Gestão de RH.
“A oportunidade de mostrar ao mundo de RH um trabalho desenvolvido pela equipe com muita dedicação e fazer com que a marca do SERPROS seja valorizada como organização que se preocupa com o bem-estar das pessoas trouxe um enorme orgulho para nossa equipe, que acredita que as pessoas são o grande diferencial de desenvolvimento de uma organização”, ressalta a gerente de Pessoas do SERPROS, Cristiane Real.

Equipe de Gestão de Pessoas do SERPROS reunida no evento para apresentação do case Qualidade de Vida no Trabalho Transformando Pessoas

Equipe de Gestão de Pessoas do SERPROS reunida no evento para apresentação do case ‘Qualidade de Vida no Trabalho Transformando Pessoas’

Read More
serpros 19 de maio de 2016 0 Comments