PS-II
Quer saber como a contribuição em seu plano de previdência no Plano Serpro II (PS-II) é calculada?
CONTRIBUIÇÃO NORMAL

A Contribuição Normal é realizada mensalmente pelo participante, com paridade da patrocinadora e se divide em Básica, Variável e Risco.

CONTRIBUIÇÃO NORMAL
igual3
CONTRIBUIÇÃO BÁSICA +
CONTRIBUIÇÃO VARIÁVEL +
CONTRIBUIÇÃO RISCO +
Navegue por esta página para conhecer cada uma das contribuições, entender o que é VRS e conferir os exemplos práticos que podem te ajudar na hora de fazer o seu planejamento para a aposentadoria.

Definições das terminologias utilizadas no cálculo das contribuições:

Salário de Contribuição
Entende-se por salário de contribuição a soma das parcelas relativas a salário, gratificações, incorporações e adicionais pagos habitualmente.
VRS
Valor de Referência Serpros = R$ 432,51 (*O VRS é reajustado no mês de maio de cada ano, de acordo com o INPC acumulado - entre os meses de maio do ano anterior e abril do ano do reajuste)
Contribuição Básica

A Contribuição Básica devida pelo Participante é apurada pela aplicação de percentual estabelecido no Plano de Custeio sobre o Salário de Contribuição, que atualmente é 1%.

Contribuição Básica = Salário de Contribuição * 1%

Contribuição Variável

Contribuição Variável é opcional e é apurada pela aplicação do percentual escolhido pelo participante, sobre a parcela do Salário de Contribuição excedente a 8 (oito) VRS. Este percentual está limitado a 15% (quinze por cento).

O percentual deve ser escolhido pelo Participante e está limitado a 15% (quinze por cento) ao excedente a 8 VRS.

8 VRS (R$3.460,08)

O Participante que recebe salário até 8VRS (R$3.460,08) não realiza esta contribuição

Contribuição Variável = (Salário de Contribuição - 8VRS) * Percentual da Variável

Contribuição Risco

A Contribuição de Risco é destinada para prover o custeio de Auxílio-Doença, Auxílio-Reclusão, Pecúlio por Morte e Pensões de ativos e a Garantia de Valor Mínimo.

Salário Risco = Menor valor entre (Salário de Contribuição e 60VRS)

TABELA RISCO

As taxas da tabela são os percentuais da idade na data da adesão.

Você pode conferir a sua idade em que aderiu ao Plano Serpro II (PS-II), na sua Área Restrita em Simulação de Benefício.

(Salário Risco * Taxa incidente sobre o salário de contribuição) + (Salário Risco – 14VRS) * Taxa incidente sobre o excesso do Salário de Contribuição em relação a 14VRS

Taxa incidente sobre o salário de contribuição = pg | Taxa incidente sobre o excesso do Salário de Contribuição em relação a 14VRS = pa

Esta contribuição não compõe o seu saldo de contas.

Contribuição Espontânea
É opcional e destinada a aumentar o valor da renda de aposentadoria programada. O patrocinador não contribui. Essa contribuição é indicada ao participante que já contribui no limite da variável (15%). Divide-se em:

  • Contribuição Espontânea Mensal: valor que o participante desejar aplicar mensalmente.
  • Contribuição Espontânea Esporádica: realizada em parcela única, em qualquer época e com valor determinado pelo participante, desde que não inferior ao VRS.
Exemplos
Exemplos elaborados com base no VRS atualizado em maio/2021.
pg = Taxa incidente sobre o salário de contribuição
pa = Taxa incidente sobre o excesso do Salário de Contribuição em relação a 14VRS