Serpros oferece segurança e solidez: panorama dos planos PS-I e PS-II

06/12/2018
Reunimos abaixo as principais informações dos planos PS-I e PS-II atualizadas em outubro/2018. Os dados mostram a robustez da entidade para honrar os compromissos com os participantes.
O Plano Serpro I, saldado desde 2013 e fechado para adesões, tem 2.081 participantes ativos e 3.893 assistidos, destes 72,39% estão recebendo aposentadoria; 11,30% recebendo aposentadoria por invalidez; 16,13% recebendo pensões e 0,18% o benefício de Auxílio-Doença. O PS-I acumula um patrimônio de cobertura de R$ 2,16 bilhões e, embora deficitário em R$ 119,26 milhões, está dentro da zona de equilíbrio técnico, de acordo com a Resolução CNPC 22/2015. Ou seja, não há necessidade de aumentos de contribuição e é possível que o déficit seja reduzido ou eliminado ao longo dos anos.
O Plano Serpro II tem 7.275 ativos e 696 assistidos. Destes, 71,70% estão recebendo benefício de aposentadoria; 11,35% a aposentadoria por invalidez; 14,94% recebendo pensões por morte e 2,01% estão em Auxílio-Doença.
A parcela de Benefício Definido, aquela instituída para atender as coberturas de risco dos participantes e assistidos, acumula um patrimônio de aproximadamente R$ 1,20 bilhões e superávit de R$ 295 milhões. A parcela de Contribuição Definida, relativa aos saldos de contas, está permanentemente equilibrada e varia com a rentabilidade, entrada de contribuições e pagamentos de benefícios e resgates. Essa parcela do PS-II encerrou o mês de outubro com um patrimônio de R$ 1,94 bilhões.

consulte Mais informação
serpros 6 de dezembro de 2018 0 Comentários

Painéis com resultados de agosto estão disponíveis para consulta

26/10/2018
Os painéis Atuarial, de Investimento, de Governança de Investimento, as Informações Contábeis e o Relatório Gerencial de Investimentos (RGI) referentes a agosto/2018 estão disponíveis na Área do Participante (Área Restrita).
Os documentos trazem informações atualizadas sobre os planos PS-I e PS-II, tais como: os resumos das alocações dos investimentos, os resultados da carteira de ativos do Serpros, os ativos provisionados e os que estão em alerta, o balanço patrimonial, o panorama técnico dos planos, dentre outros dados.
Acesse a Área do Participante (Área Restrita), clique em Demonstrativos e escolha o menu com a informação que deseja consultar.

consulte Mais informação
serpros 26 de outubro de 2018 0 Comentários

PS-II: Atualização do extrato do saldo de contas de julho/2018

24/08/2018
 
O extrato do saldo de contas dos participantes do PS-II referente a julho/2018 estará disponível na Área Restrita a partir de 25 de agosto. A variação da cota do PS-II CD no referido mês foi negativa em 1,81%, gerando o acumulado de -2,08% no ano de 2018.
O desempenho da cota do plano PS-II CD no referido mês deveu-se à reprecificação do FIP LSH e das debêntures do emissor XNICE.
Os gráficos abaixo representam o resultado:
Serpros - Valor Cota Julho 2018
 
 
 
 
 
 
 
 
RentabilidadeCotaJulho2018
 
 
 
 
 
 
 
 
Participantes, é incansável a nossa vontade de mantê-los informados a respeito dos investimentos gravosos realizados em gestões anteriores.
Passado o primeiro ano de nossa gestão, falaremos deste assunto. Torna-se necessário primacialmente agora que estamos perto do fim dos registros negativos, dos apontamentos marcados à época da intervenção.
A totalização da marcação negativa do patrimônio dos respectivos Planos de benefícios alcançará a fabulosa cifra de R$1,1 bilhão.
A nossa gestão tem como meta promover uma rentabilidade, com risco aceitável pelas boas normas de investimentos, capaz de não ser necessária a contribuição extraordinária para o Plano Serpro I (PS I) e frear as perdas no Plano Serpro II (PS II). Com este foco reestruturamos a Diretoria de Investimento – DRI e contratamos um gestor focado em fundamentos macroeconômicos, com olhar voltado para o futuro. Dessa forma, a nossa expectativa é, além de minimizar o risco, garantir investimentos seguros e rentáveis capazes de manter a saúde econômica da poupança previdenciária de vocês participantes.
Com o intuito de confirmar esta forma de gestão, destacamos a rentabilidade acumulada dos investimentos expurgando os chamados ativos gravosos no período de agosto de 2017 a julho de 2018, para que você possa comparar:
Legenda:
Legenda
 
 

PSI_BD

Como pode ser observado no gráfico acima, a rentabilidade dos investimentos, quando retirados os ativos gravosos, fica acima do atuarial.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
PSII_BD

Como pode ser observado no gráfico acima, a rentabilidade dos investimentos, quando retirados os ativos gravosos, fica pouco abaixo do atuarial.

 
 
 
 
 
 
 
 
PSII_CD

Como pode ser observado no gráfico acima, a rentabilidade dos investimentos, quando retirados os ativos gravosos, fica praticamente igual ao atuarial.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
Acompanhe a atualização das tabelas no site, pelo caminho: Planos >> Plano Serpro II >> Tabela de Rentabilidade da Cota e Demonstrativo dos últimos 12 meses da cota do PS-II CD https://www.serpros.com.br/nossos-planos/plano-serpro-ii/

consulte Mais informação
serpros 24 de agosto de 2018 0 Comentários

Conhece a cartilha Aposentadoria Programada Serpros Esclarece?

10/08/2018
Como parte das ações do Serpros em apoio aos participantes inscritos no módulo APA/Serpro 2018, foi desenvolvida a cartilha on-line Aposentadoria Programada – Serpros Esclarece. Para ler, basta acessar o site, na página Publicações, no menu à direita da tela, e clicar na cartilha.
A publicação foi desenvolvida a partir das principais dúvidas enviadas para o e-mail sap@serpros.com.br sobre a aposentadoria programada na entidade e traz informações importantes para os participantes do Plano Serpro II (PS-II) que estão prestes a se aposentar.
Quer saber quando receberá o seu primeiro benefício, tem dúvidas sobre sua contribuição enquanto assistido ou quais os requisitos para solicitar seu benefício? Acesse o site, no caminho Publicações >> Aposentadoria Programada – Serpros Esclarece.

consulte Mais informação
serpros 10 de agosto de 2018 0 Comentários

Participante fala sobre sua recente filiação ao PS-II

26/07/2018
Um plano de previdência complementar não se limita à aposentadoria, mas é o planejamento financeiro ideal para quem quer desfrutar do momento atual, sem deixar de se preparar para o futuro. Com esse pensamento, a técnica em Segurança do Trabalho do Serpro Maria Elizabete Araújo decidiu se filiar ao Plano Serpro II (PS-II) recentemente. Ela foi a primeira a se inscrever por meio do nosso novo posto de atendimento em Brasília.
Lotada na SUPGP-Sede, Maria Elizabete nos disse que há um tempo pensava em aderir ao Serpros, mas precisava avaliar melhor. “Conversei com o analista Francieldo Justino, que me esclareceu algumas dúvidas e eu resolvi aderir. Pretendo me inteirar melhor sobre o Serpros e sobre as aplicações feitas”, disse a mais nova participante sobre o nosso representante em Brasília.
Para ela, um representante do Serpros na região irá facilitar bastante o atendimento e esclarecimento de algumas dúvidas. Seja bem-vinda, Maria Elizabete e obrigada pela confiança!

consulte Mais informação
serpros 26 de julho de 2018 0 Comentários

Atualização do extrato do saldo de contas do PS-II

18/07/2018
O extrato do saldo de contas dos participantes do PS-II referente a junho/2018 está disponível na área restrita. A variação da cota do PS-II CD no referido mês foi negativa em 2,07%, gerando o acumulado de -0,28% no ano de 2018.
O desempenho da cota do Plano PS-II CD no mês de junho/2018 foi impactado negativamente pelos investimentos realizados no FIP ETB e nas Debêntures XNICE (empresas incluídas na operação Rizoma da Polícia Federal e Ministério Público Federal).
Conforme divulgado nos informes anteriores dos últimos 11 meses, a carteira de investimentos apresentava ativos de baixa qualidade e com problemas estruturais, já apontados no Relatório Final da Intervenção. Ao longo deste período foram provisionados R$ 420 milhões dos ativos investidos por gestões anteriores.
Porém, vale ressaltar que 85% da carteira está composta de Títulos Públicos, com risco que tende a zero. Dessa forma, o Serpros tem solidez para garantir o pagamento dos benefícios contratados.
O quadro abaixo apresenta a decomposição do resultado:

Variação %
Cota (2,07)
FIP ETB (1,75)
Reavaliação de imóveis (0,14)
Conjuntura econômica (0,18)

Os gráficos abaixo complementam os resultados:
grafico_valor_cota1
grafico_rentabilidade_cota1
– Saiba mais:
Outras informações sobre o resultado de junho estão no vídeo Canal Direto com a Diretoria – edição extraordinária, divulgado em 16 de julho. Acesse.

consulte Mais informação
serpros 18 de julho de 2018 0 Comentários

Entenda a IN 1343

20/06/2018
Os participantes que estão próximos de se aposentar, e que contribuíram com os planos do Serpros entre 1989 e 1995, poderão abater da base de cálculo do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) os valores que a Receita Federal identificou como bitributação naquele período. O desconto foi regulamentado pela Instrução Normativa 1343/2013.
Para esclarecer, relacionamos abaixo algumas perguntas e respostas:
1) Me aposentei em 2013. Também tenho que retificar o IR?
Não. Para os participantes que se aposentaram a partir de janeiro de 2013, a norma já estava em vigor, ou seja, o Serpros começou a praticar a isenção na folha de benefício de setembro de 2013.
2) Me aposentei antes de 2008. Por que não tenho direito a receber?
De acordo com a IN 1343, o contribuinte tem, no máximo, cinco anos para fazer a retificação da declaração de ajuste anual do Imposto de Renda. Os que começaram a receber antes de 2008, ou seja, até dezembro de 2007, não se enquadram nas regras da referida instrução.
3) Quais os índices que foram usados para a atualização das contribuições?
Os referenciais usados são os seguintes, de acordo com o Art. 5º da IN 1343:
• Contribuições de janeiro de 1989: Índice de Preços ao Consumidor (IPC), no valor de 42,72%;
• Contribuições de fevereiro de 1989: IPC, no valor de 10,14%;
• Contribuições entre março de 1989 e fevereiro de 1990: Bônus do Tesouro Nacional (BTN);
• Contribuições entre março de 1990 e fevereiro de 1991: IPC;
• Contribuições entre março e novembro de 1991: Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC);
• Contribuições de dezembro de 1991: Índice de Preços ao Consumidor Ampliado (IPCA), série especial, conforme o § 2º do art. 2º da Lei nº 8,383, de 30 de dezembro de 1991;
• Contribuições de janeiro de 1992 até dezembro de 2000: Unidade Fiscal de Referência Mensal (UFIR);
• Contribuições a partir de janeiro de 2001: Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E).
4) As contribuições foram atualizadas até quando?
Para os participantes que se aposentaram entre os anos de 2008 e 2012, as contribuições foram atualizadas até o dia 31 de dezembro do ano em que começou a receber o benefício.
Já os que se aposentaram a partir de 2013, as contribuições serão corrigidas até o último dia do mês de início de recebimento do benefício e serão atualizadas mensalmente, até que não haja mais saldo para dedução.
5) Sou aposentado, posso deduzir as contribuições do total de rendimentos tributáveis, isto é, do Serpros e do INSS?
Não. As deduções só valem para rendimentos tributáveis pagos pelo Serpros.
6) Onde posso verificar o valor que tenho direito a utilizar para deduzir da base de cálculo do imposto de renda?
Acesse o site do Serpros, entre na Área Restrita e vá para Benefícios e Demonstrativo de Movimentação IN 1343.
7) Como a IN 1343 será aplicada ao me aposentar pelo Serpros?
Para benefício de aposentadoria:
O valor do saldo referente a IN 1343 será exaurido mensalmente, na proporção do valor do benefício bruto, até que se encerre. Nesse período o participante não terá desconto de imposto de renda.
Esse procedimento também será aplicado ao valor da parcela à vista (25%).
Ex: O participante tem um valor bruto de benefício de R$ 5.000,00, retirou uma parcela à vista de R$ 45.000,00 e o saldo de exaurimento é de R$ 60.000,00. Somando os valores do 1º benefício, será exaurido R$ 50.000,00, o participante não terá desconto de IR neste mês, restando R$ 10.000,00 para o mês seguinte.
No próximo mês (2º mês), será exaurido R$ 5.000,00 correspondente ao valor do benefício e não haverá desconto de IR, restando R$ 5.000,00 de saldo de exaurimento.
No 3º mês, será exaurido os R$ 5.000,00 restantes, o participante também não terá desconto de IR e o saldo de exaurimento é encerrado.
A partir do 4º mês, o participante terá desconto de IR normalmente.
 
Caso ainda haja alguma dúvida com relação à Instrução Normativa, o participante ou o aposentado podem entrar em contato com o Serpros por meio dos canais de atendimento: 0800 721 10 10 ou o sap@serpros.com.br .

consulte Mais informação
serpros 20 de junho de 2018 0 Comentários

3 passos para atualizar os beneficiários e designados no seu cadastro

20/06/2018
Vale lembrar que beneficiários são as pessoas físicas que você, participante, inscreve no PS-I ou no PS-II para o recebimento de benefício decorrente de reclusão ou falecimento. Os designados, no PS-I, são as pessoas inscritas para o recebimento do pecúlio por morte, na inexistência de beneficiários vinculados. Já no PS-II, designados são quaisquer pessoas inscritas para recebimento exclusivamente do pecúlio por morte.
Saiba como alterar os beneficiários e designados na Área Restrita do site institucional:
1) Acesse a Área Restrita com seu login, senha e digite o código captcha que aparece;
2) Selecione o menu Benefícios;
3) Escolha a opção Declaração >> Beneficiários e Designados e siga as instruções.
Atenção: Aposentados do PS-II a partir de 1º/4/2013 poderão ter seu benefício recalculado em função do novo grupo familiar.

consulte Mais informação
serpros 20 de junho de 2018 0 Comentários

Conheça os documentos necessários para requerer benefícios e institutos do Serpros

23/05/2018
Como parte das ações do Serpros em apoio ao Módulo APA 2018, oferecido pela patrocinadora, a relação de documentos que orientam os participantes a requerer seus benefícios e institutos junto ao Serpros foi atualizada no site.
É de grande importância que os participantes leiam atentamente as informações ali contidas para que o trâmite seja realizado com sucesso e o quanto antes. Além dos documentos para solicitar a aposentadoria, os documentos também orientam como solicitar os benefícios de pensão e pecúlio por morte, auxílio-doença, abono anual, dentre outros.
Para visualizar, basta acessar a página principal do site institucional, selecionar o menu Planos, escolher o seu (PS-I ou PS-II) e clicar na opção desejada.
Acesse também a página APA 2018 – Orientações Serpros, no site.

consulte Mais informação
serpros 23 de maio de 2018 0 Comentários

Atualização do extrato do saldo de contas do PS-II

23/05/2018
No mês de abril/2018, o plano PS-II CD apresentou variação negativa de 0,28%, influenciado pelos seguintes eventos: provisão para perda de parte das debêntures da XNICE, volatilidade na renda variável e variação negativa nos títulos públicos federais. É importante ressaltar que a rentabilidade acumulada em 2018 é de 3,11%, acima da meta, que foi de 2,58% para o mesmo período. Os participantes podem consultar a atualização do extrato na área restrita.
Os gráficos abaixo representam os resultados:
cota_abril
rentabilidade_abril
(Atualizada em 17/7/2018)

consulte Mais informação
serpros 23 de maio de 2018 0 Comentários