Serpros vai apresentar case no 40º Congresso Abrapp

O Sistema de Registro do Processo Decisório do Serpros ganhará destaque durante o 40º Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada, que acontece de 16 a 18 de outubro, em São Paulo. O nosso case será apresentado no segundo dia do evento (17/10), das 14h às 14h30, no Espaço Boas Práticas.

 

Desenvolvido recentemente com objetivo de proteger a entidade de práticas ilícitas e irregularidades que possam colocar em risco o patrimônio dos participantes e a nossa imagem, o sistema PD registra, controla e armazena as propostas de decisão da diretoria a serem encaminhadas aos Órgãos Estatutários para deliberação até a geração da Ata final, bem como as reuniões do Comitê de Aplicações (CAP). Assim, toda a documentação é armazenada digitalmente, permitindo uma completa trilha de auditoria do processo decisório. Essa tecnologia foi desenvolvida utilizando como modelo o sistema da patrocinadora Serpro.

 

“O sistema tem por objetivo dar transparência ao processo decisório do fundo além de criar trilha de auditoria, o que dá mais confiabilidade e reforça a governança.”, diz a presidente da entidade, Ana Costi.

 

Organizado pela Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), o congresso é o maior evento de previdência complementar no mundo e que reúne palestrantes internacionais, lideranças do governo, especialistas em diversas áreas e formadores de opinião para debater sobre as melhores práticas e ideias no sentido de impulsionar a reinvenção do sistema.

 

A apresentação do case será realizada pela gerente de Governança Corporativa, Patrícia Fontes, e pelo coordenador de Tecnologia da Informação, Leonardo Peixoto.

 

18/9/2019

 

consulte Mais informação
Serpros 18 de setembro de 2019 0 Comentários

Serpros presente em reunião do Conselho da Aspas

A presidente do Serpros, Ana Costi, participou do segundo dia da 12ª reunião ordinária do Conselho Deliberativo da Aspas, realizada em 10 e 11 de setembro, na sede da Associação.

 

Na ocasião, Ana Costi falou sobre a situação da entidade e esclareceu que, em relação às notícias sobre a possível privatização da patrocinadora Serpro, tanto a Diretoria Executiva quanto o Conselho Deliberativo do Serpros estão avaliando os cenários. Segundo a presidente, sejam quais forem os desdobramentos, os participantes e assistidos do Serpros estarão protegidos e seguros quanto aos seus direitos.

 

Foto: Aspas

18/9/2019

consulte Mais informação
Serpros 18 de setembro de 2019 0 Comentários

Serpros Mais Perto de Você no Sipat Brasília

A Semana Interna de Prevenção de Acidente no Trabalho (Sipat) do Cipa-Sede foi realizada de 9 a 13 de setembro, no Serpro Sede, em Brasília. Os representantes do Serpros Erika Cardoso e Francieldo Justino aproveitaram o espaço cedido pela patrocinadora para realizar diversos atendimentos no local.

 

Dentre os assuntos mais buscados, podemos destacar dúvidas sobre atualização cadastral, simulação de benefício e acesso à Área Restrita.

 

A ação O Serpros Mais Perto de Você continua no Rio de Janeiro no Serpro-RJ, nos dias 18/9 (Horto), e 25/9 (Horto).

 

Na imagem: a participante Ângela Coelho durante o atendimento com o representante do Serpros Francieldo Justino (acima, à esquerda); a participante Maria Cleide buscando orientações com a representante do Serpros Érika Cardoso (abaixo, à esquerda); e o senhor Jackson Polly tirando suas dúvidas com o Francieldo Justino (à direita

 

18/9/2019

consulte Mais informação
Serpros 18 de setembro de 2019 0 Comentários

Pagamento de benefícios pela CEF

Temos enfrentado há algum tempo dificuldades na operacionalização dos pagamentos de benefícios por meio da Caixa Econômica Federal (CEF), o que em diversas ocasiões provocou atrasos no crédito para alguns participantes. Esta semana recebemos o Ofício nº 0019/2019 do Gerente de Relacionamento Pessoa Jurídica – Agência Rua da Passagem, comunicando que “A Caixa disponibilizou nova plataforma para gestão de pagamentos”; “e de salários, viabilizando mais segurança e comodidade na gestão de agendamento de compromisso de pagamento a fornecedores e salários.”

 

Aquela agência também informou que: “Tendo em vista a descontinuidade até 04/10/2019 da plataforma utilizada pelo convênio 806852 SERPROS FUNDO MULTIPATROCINADO, mantido com essa empresa, informamos que o mesmo será encerrado, podendo ser migrado à nova plataforma da Caixa até 30/09/2019.”

 

Estamos em contato com o prestador de serviços da Caixa para realizarmos as alterações no layout do arquivo de créditos, de modo que os pagamentos dos benefícios com a referência de outubro sejam realizados sem contratempo.

 

Manteremos todos informados sobre a evolução do assunto.

 

18/9/2019

consulte Mais informação
Serpros 18 de setembro de 2019 0 Comentários

PS-II: Atualização do extrato do saldo de contas de agosto/2019

Desde o dia 13/9/2019, os participantes dos planos PS-I e PS-II podem acessar na Área Restrita o extrato atualizado até o dia 31/8/2019.

 

No mês de agosto, a cota do Plano Serpro II (PS-II CD) foi atualizada em 0,6644%.

 

As tabelas da rentabilidade da cota e do demonstrativo anual que ilustram essas informações estão publicadas no site, na página Planos >> PS-II .

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

18/9/2019

consulte Mais informação
Serpros 18 de setembro de 2019 0 Comentários

PS-II: Atualização do extrato do saldo de contas de julho/2019

Os participantes do PS-II podem visualizar na Área Restrita o extrato de saldo de contas atualizado com a rentabilidade de julho, que foi positiva em 0,8479%.

 

A valorização da cota do plano PS-II CD foi influenciada principalmente pela rentabilidade das NTN-Bs marcadas na curva, das NTN-Bs marcadas a mercado com vencimento intermediário e dos fundos de renda variável. No mês de jul/2019, a bolsa e os juros apresentaram uma estabilidade maior em relação ao mês anterior, com o mercado aguardando novos dados e fatos indicando a direção da economia brasileira.

 

As tabelas da rentabilidade da cota e do demonstrativo anual que ilustram essas informações estão publicadas no site, na página Planos >> PS-II [http://serpros.com.br/plano-serpro-ii/].


 

 

26/8/2019

 

consulte Mais informação
Serpros 26 de agosto de 2019 0 Comentários

Carta do Gestor de Investimento – julho/2019

Não há dúvidas de que o mês de julho foi marcado pelo compasso de espera em relação às decisões de política monetária do Banco Central Europeu, em 25/jul, e do Federal Reserve e do Banco Central do Brasil em 31/jul.

 

Começando pelo ECB, havia expectativa de que seu presidente, Mario Draghi, fosse capaz de cunhar algo tão potente quanto o famoso “whatever it takes” (isto é, o que for preciso) de julho de 2012. Ou seja, os investidores estavam ávidos por reencontrar a direção da política monetária disposta a fazer tudo que fosse possível para estimular as economias sob sua jurisdição.

 

Infelizmente, a mensagem transmitida não alcançou a potência desejada pelos mercados e, consequentemente, aumentou as incertezas percebidas pelos investidores, o que fomentou uma onda de aversão a risco.

 

Por outro lado, as sinalizações de que o FED estaria na iminência de cortar os juros, de forma preventiva à desaceleração econômica global em curso proporcionaram um ambiente pró-risco e levaram os indicadores das Bolsas de Valores americanas a atingir novas máximas históricas.

 

Neste contexto, reações relativamente bizarras ganham contornos de normalidade. Dentre elas, destaca-se a subversão da resposta dos preços dos ativos aos dados econômicos divulgados. Via de regra, a divulgação de indicadores econômicos sólidos deveria impactar positivamente os preços dos ativos de risco, porém percebe-se o oposto.

 

Não são raros os momentos em que os mercados agem de forma aparentemente paradoxal e o desafio da gestão de ativos resta exatamente no espaço do entendimento destes paradoxos. Vem à mente o que Allan Greenspan, ex-presidente do FED, chamou de conundrum, nos idos de fevereiro de 2005.

 

À época Greenspan, também conhecido como El Maestro, em analogia à figura do regente de uma orquestra, declarou-se incapaz de racionalizar a dinâmica de preços onde após sucessivas altas de juros, o comportamento das taxas longas era de fechamento, como se dissessem que a elevação do juros de curto-prazo produziria efeito tão recessivo na economia que as taxas de longo-prazo poderiam ainda mais ser mais baixas.

 

De volta à atualidade, vimos em julho uma reedição do conundrum, na medida em que dados econômicos fortes causaram queda do preço dos ativos de risco, simplesmente porque não haveria necessidade de cortes de juros. Ora, esse comportamento revela o vício em juros baixos como condição sine qua non para apetite a risco relegando fundamentos a segundo plano.

 

Diante desta narrativa, é natural questionar se os investidores estão alocando risco de forma prudente ou se estão sendo impulsionados para o risco pela alavanca dos juros baixos. A resposta para essa pergunta complementa o entendimento de alguns paradoxos presentes no mercado e a forma como eles serão equacionados.

 

Em relação aos Planos de Benefícios, o entorno tem sido bastante favorável pois sinaliza que taxas de juros mais baixas serão a nova norma e com isso estamos tendo o tempo necessário e adequado para diversificar os ativos geridos tendo em vista as obrigações impetradas pelo passivo administrado.

 

Marcelo Castello Branco – Gerente de Investimentos

 

26/8/2019

consulte Mais informação
Serpros 26 de agosto de 2019 0 Comentários

Serpros no 14º Encontro de Advogados da Abrapp

Advogados da Gerência Jurídica do Serpros participaram do 14º Encontro Nacional de Advogados das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPC), realizado pela Abrapp em São Paulo nos dias 19 e 20 de agosto e que foi aberto pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux.

 

Este evento foi o mais relevante fórum jurídico do Sistema de Previdência Complementar, no qual assuntos atuais e de grande importância foram apresentados e debatidos por ministros de Tribunais Superiores, juristas de renome nacional, como o professor Ives Gandra da Silva Martins, parlamentares, como o deputado federal Kim Kataguiri, além de profissionais com grande experiência e reconhecimento no segmento, sem deixar de registrar, a presença de representantes da Previc.

 

O presidente da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins, discorreu sobre a criação de fundos imobiliários exclusivos para os fundos de pensão, como alternativa à Resolução 4.661/18 que obriga as EFPCs   a venderem seus imóveis no prazo de 12 anos.

 

Os impactos da Reforma da Previdência nas EFPCs também ganharam destaque na plenária presidida pelo diretor da Abrapp e pelo presidente da Prevcom, Carlos Henrique Flory.

 

Outro assunto que ocupa todas as atenções no momento, e de suma importância, foi o que abordou aspectos da Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD, que trouxe especialistas para falar sobre os reflexos desta Lei nos fundos de pensão.

 

A MP da Liberdade Econômica e seus impactos sobre a previdência complementar fechada também foi abordada no Encontro.

 

Outro painel importante debateu uma possível alteração no entendimento do Tribunal Superior do Trabalho a respeito da competência da Justiça do Trabalho para apreciar questões envolvendo custeio prévio de incorporação de hora-extra na complementação de aposentadoria, face ao entendimento fixado pelo STF, no julgamento do RE 586.453.

 

Este encontro é realizado anualmente e reúne, além dos advogados das EFPCs, outros advogados e profissionais de diferentes especialidades em um grande debate sobre as reformas políticas no Brasil, as novas regulações, as inovações e seus impactos para os fundos de pensão.

 

26/8/2019

consulte Mais informação
Serpros 26 de agosto de 2019 0 Comentários

O Serpros Mais Perto de Você está no Rio de Janeiro

O Serpros Mais Perto de você continua e os representantes da entidade permanecem na regional Serpro Rio de Janeiro (Horto e Andaraí), às quartas-feiras, para atendimento presencial aos participantes e também aos colaboradores do Serpro que ainda não aderiram ao plano PS-II.

 

A cada semana, o atendimento acontece em uma regional Serpro-RJ: nesta semana, a ação aconteceu no 1º andar do Serpro-RJ (Andaraí), dia 21/8. Já na próxima quarta-feira (28/8), a equipe estará na regional Serpro-RJ Horto, das 9h às 12h e das 13h às 17h, no prédio I, 3º andar, Ala B.

 

Acompanhem a agenda no site.

 

26/8/2019

consulte Mais informação
Serpros 26 de agosto de 2019 0 Comentários

Comunicado aos participantes do Serpros

A Diretoria Executiva do Serpros informa que, como divulgado pelo Governo Federal, o Serpro – empresa patrocinadora desta entidade – passou a integrar a lista do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) para a realização de estudos técnicos que visam propor alternativas de parceria com a iniciativa privada, e não diretamente do Programa Nacional de Desestatização (PND).

 

Estes estudos vão indicar se há condições de mercado para concretizar a desestatização da empresa através de quaisquer das modalidades definidas na Lei 9.491/97, ou mesmo a manutenção da estatal.

Não temos conhecimento quanto à existência de informações detalhadas sobre este processo, tais como o cronograma e a modelagem definidos que fazem parte dos estudos técnicos.

 

Uma eventual mudança da natureza da patrocinadora (pública para privada ou abertura de capital), por si só, não afeta a relação com os planos ou com o próprio Fundo. No passado recente várias empresas estatais foram privatizadas e diversas delas mantiveram a relação existente. Os Fundos dessas empresas continuam sadios e apresentaram crescimento sustentável, como é o caso da Fundação CEEE, Fundação Telos, Valia, dentre outros.

 

São estes os fatos de que se tem informação até o presente momento em caráter oficial. Neste sentido, reiteramos nosso compromisso de manter nossos participantes informados e zelar, permanentemente, pela observância a seus direitos oriundos do contrato previdenciário.

 

23/8/2019

consulte Mais informação
Serpros 23 de agosto de 2019 0 Comentários